CIRURGIAS PLÁSTICAS ESTÉTICAS
Cervicoplastia: Cirurgia Plástica da Papada (Submento)

Se o processo de envelhecimento alterou o contorno da região do pescoço (cervical) e fez surgir uma papada, a cirurgia plástica indicada é a cervicoplastia. O procedimento pode ser realizado isoladamente ou em conjunto com outras cirurgias, dependendo da necessidade de cada paciente. Pacientes mais jovens, por exemplo, que apresentam excesso de gordura localizada no pescoço, podem ter bons resultados utilizando apenas a lipoaspiração.

Se compararmos o pescoço com outras áreas, perceberemos que ele envelhece mais rápido, tanto em mulheres como em homens. Isto acontece porque a pele dessa região é mais fina e possui menos pontos de adesão, responsáveis por manter o tecido firme por mais tempo. Além disso, por ser uma área que fica mais exposta à ação do sol e do vento, acaba sofrendo mais com a ação do tempo.

Por isso, é necessária uma atenção ainda mais especial com o pescoço. O problema é que isso nem sempre acontece e o ele acaba ficando de lado nos cuidados diários de beleza. O resultado deste mix de reações do organismo às ações externas do clima e à falta de cuidados específicos é o temido aspecto de envelhecido, com direito a rugas e flacidez.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Papada

Desta forma, começar com a prevenção desde cedo é a melhor maneira de evitar que o pescoço entregue a sua idade sem sua autorização.

Tenha em mente que todo o cuidado com a face deve estender-se ao pescoço também. Assim, duas vezes por dia, pela manhã e à noite, comece o processo fazendo uma higienização, com sabonete facial adequado ao seu tipo de pele, aplique um tônico e finalize aplicando um hidratante. Durante o dia, não se esqueça do protetor solar. Apesar disso, os cuidados básicos não garantem que a área fique livre da ação natural do tempo, mas retardam e garantem em muito uma boa qualidade da pele.

Vale sempre ressaltar: os resultados desta cirurgia causam uma melhora considerável na aparência e conferem um aspecto mais jovial na região do pescoço, principalmente em pessoas que tenham uma boa cicatrização, não sejam fumantes e que tenham expectativas realistas. Fale tudo com o cirurgião plástico sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Indicação

São três as alterações básicas que podem dar o aspecto de envelhecimento e piora da estética no pescoço: excesso de pele, excesso de gordura e flacidez do músculo platisma. Assim, uma vez instalado este quadro, você pode recorrer ao lifting do pescoço ou a tratamentos estéticos capazes de reverter estes sinais.

Homens também podem beneficiar-se, mas os casos devem ser avaliados em detalhe, porque muitos possuem barba e o seu reposicionamento após a cirurgia pode não agradar.

  Dicas de cuidados para a pele do pescoço: pela manhã e à noite, higienize com sabonete facial adequado ao seu tipo de pele, aplique um tônico e finalize com um hidratante. Durante o dia, use protetor solar.  

Pré-Operatório

São realizados exames laboratoriais, cardiológicos, radiografias e fotografias.

Deve-se comunicar qualquer anormalidade que, eventualmente, ocorra em relação ao seu estado de saúde como: resfriados, ardência para urinar, dores abdominais, etc.

Não devem ser utilizados certos medicamentos como: AAS, chá de alho, Gingko Biloba e Ginseng, que devem ser interrompidos antes da cirurgia por alterarem a coagulação sanguínea.

Iniciar jejum a partir das 23h00 do dia anterior.

Não se maquiar no dia.

Não vir com unhas pintadas e acessórios como brincos, anéis e colares.

Não molhar o cabelo.

Trazer blusa aberta na frente, com botão ou zíper, pois não poderá passar nenhuma veste pelo rosto.

Deve-se ir para o hospital com acompanhante e levar todos os exames realizados.

Orientações sobre utensílios como escova de dente, toalhas, etc., serão dadas pela equipe do hospital.

Serão feitas marcações com caneta própria na região do pescoço, onde as incisões serão realizadas.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Papada

Anestesia

A anestesia de escolha é a geral. Por ser um procedimento longo que envolve muitos detalhes, este tipo de anestesia dá mais conforto tanto para o cirurgião quanto para a paciente.

Técnica cirúrgica

Para o tratamento da papada e do excesso de pele nesta região, utiliza-se uma incisão que fica posicionada embaixo e atrás das orelhas. De modo que toda a musculatura do pescoço é levantada e fixada com pontos em uma nova posição. Na região mediana, entre o queixo e as cartilagens do pescoço, são dados pontos para aproximação dos músculos flácidos, o que melhora o ângulo do queixo com o pescoço. Além disso, uma lipoaspiração pode ser combinada com este tratamento melhorando ainda mais os resultados.

Lipoaspiração e lipoescultura do pescoço

Este procedimento pode ser feito isoladamente ou combinado com o lifting do pescoço e é indicado quando há um excesso de gordura depositada na região, frequentemente abaixo do queixo. O material retirado pode ser aproveitado e injetado em outras regiões com pouco volume (lipoenxertia), como por exemplo, mandíbula e sulco naso-geniano (bigode chinês).

Procedimentos associados

Bioplastia de sulcos e rugas: Muitas alterações que surgem na face podem ser resolvidas sem cirurgia. Sulcos e rugas já podem aparecer em pessoas jovens por volta dos 30 anos, desta maneira, podemos tratá-los separadamente do lifting facial. Porém, nos casos em que está indicada a operação, para conseguirmos aperfeiçoar o tratamento, lançamos mão destes recursos de forma associada à cirurgia. Assim, podemos realizar preenchimentos utilizando a própria gordura da paciente ou substâncias sintéticas, como o ácido hialurônico e a hidroxiapatita de cálcio. Além disso, peelings seriados podem melhorar a qualidade da pele promovendo maior hidratação e reduzindo rugas e manchas.

Tratamento dos lábios: O aumento dos lábios pode ser conseguido através de preenchimentos com substâncias sintéticas, como o ácido hialurônico. Há uma melhora importante do contorno, cantos e volume labial.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Papada

Tempo de cirurgia

Costuma durar cerca de 2 horas.

Tempo de internação

Habitualmente 24 horas.

Pós-operatório

Geralmente, são utilizados curativos secos e a primeira troca é feita após 24 horas com a paciente ainda no hospital. Deste modo, o curativo que é refeito tem menor tamanho e dá mais conforto. O dreno só é retirado quando as secreções param de acumular e isto pode durar cerca de 2 a 3 dias. Os pontos no pescoço e couro cabeludo são retirados entre 7 e 12 dias.

A cabeceira da cama é mantida elevada em 30º e as pacientes do sexo feminino podem usar um lenço nos cabelos para deixá-las mais à vontade.

Além disso, é importante evitar contato com água ou vapores quentes porque retardam a recuperação. Assim, fica proibido cozinhar ou tomar banho com água muito quente, por exemplo.

Atenção com a exposição solar por pelo menos 3 meses, utilizar protetor solar e óculos escuros. Tomando estes cuidados, a cicatriz adquire um aspecto muito bom e fica imperceptível após 3 meses de cirurgia.

Resultados

Cada paciente tem uma evolução diferente em relação aos resultados alcançados. As cicatrizes são permanentes, mas apresentam aspecto final muito fino e discreto e muitos não conseguem perceber sua presença. Durante o processo de cicatrização, recursos cosméticos como a maquiagem e os penteados disfarçam perfeitamente as cicatrizes. Pruridos (coceiras), ardor ou insensibilidade podem ocorrer eventualmente, mas são sintomas temporários. Há poucos relatos de cicatrizes alargadas nesta região, que podem ser evitadas com os devidos cuidados. Por volta do 2º mês, cerca de 90% do edema é absorvido, no entanto o resultado definitivo só pode ser observado após o 6º mês de pós-operatório, quando você poderá perceber aquele visual tão desejado.

Dúvidas?

Se quiser tirar suas dúvidas conosco sobre essa cirurgia plástica, teremos o maior prazer em responder através do Formulário de Contato.

News Letters & Comunicados

Se deseja receber as últimas novidades dos nossos vídeos e posts sobre Cirurgia Plástica diretamente no seu e-mail, por gentileza preencha todos os campos abaixo.





PERGUNTAS E RESPOSTAS

Quantos anos vou rejuvenescer com o lifting do pescoço?

O objetivo desta cirurgia é dar à(ao) paciente um aspecto mais jovem e melhorar sua aparência. O processo de envelhecimento não para e é inevitável. O que a cirurgia faz é corrigir alguns defeitos relacionados a ele.

O lifting deixa cicatrizes?

Toda cirurgia plástica deixa cicatrizes. Mas o cirurgião utiliza recursos para escondê-las da melhor forma possível. Além disso, os cosméticos podem ajudar a torná-las ainda menos perceptíveis.

É necessário cortar o cabelo para fazer o lifting?

Não. Em alguns casos, o cabelo até ajuda a esconder as cicatrizes.

Precisarei trocar os curativos?

Sim. O primeiro curativo é retirado no dia seguinte. Depois desse período, são utilizados curativos menores que devem ser trocados por mais 2 dias.

Precisarei fazer drenagens linfáticas no pós-operatório?

Sim. As drenagens são muito importantes para que o edema diminua mais rapidamente, especialmente se combinadas com ultrassom.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Papada

Sentirei muitas dores nos primeiros dias?

Normalmente não. Mas se o paciente sentir algum desconforto, analgésicos simples podem controlar a dor.

Quando posso lavar os cabelos?

No dia seguinte. Não há restrições quanto ao banho, somente recomenda-se a utilização de sabonete neutro.

Quando precisarei voltar ao consultório para a retirada dos pontos?

De 5 a 7 dias após o procedimento para revisão e iniciar a retirada de alguns pontos.

Quando poderei utilizar maquiagem novamente?

Em média 3 semanas após a cirurgia já é possível.

Há complicações nessa cirurgia?

Se forem seguidas todas as orientações e um acompanhamento for realizado, não há grandes riscos. Porém, podem ocorrer imprevistos em relação às cicatrizes, acúmulo de sangue e infecções com frequência muito baixa.

Os resultados do lifting são definitivos?

Não. A cirurgia rejuvenesce a face sem interferir nos processos de envelhecimento naturais do organismo, deste modo sua aparência terá um aspecto mais jovem, mas como o envelhecimento continua, em alguns anos as marcas do tempo retornarão.

CRONOGRAMA PARA RETOMADA DA ATIVIDADE FÍSICA (EM DIAS)

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Atividade Física

1º ao 7º

Repouso das atividades físicas.

8º ao 15º

Reiniciar com caminhadas leves com duração de 20 minutos.

16º ao 30º

Alongamentos, bicicleta ergométrica, hidroginástica e atividades sem contato físico, como musculação, estão liberadas.

A partir do 31º

Atividades mais pesadas podem ser praticadas, mas evite esportes de contato por mais 30 dias.

EM RESUMO

Nome técnico: Cervicoplastia.

Parte do corpo: Pescoço.

Idade recomendada: Após os 40 anos.

Pré-operatório: Exames de laboratório, imagem e cardiológico. Fotografias.

Anestesia: Geral.

Duração da cirurgia: Em média 2 horas.

Permanência no hospital: Cerca de 24 horas.

Cicatriz: Atrás da orelha e embaixo do queixo em alguns casos, finas e discretas.

Pós-operatório: Curativo seco por 24 horas, lenço e protetor solar.

Tempo de recuperação: Cerca de 3 semanas.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Papada

Seu Corpo em Perfeita Harmonia

Rua Duodécimo Rosado, 322    Nova Betânia    CEP 59603-020    Mossoró/RN    e +55 (84) 9-8126-0770    +55 (84) 3321-4918