CIRURGIAS PLÁSTICAS ESTÉTICAS
Otoplastia: Cirurgia Plástica das Orelhas

Se as orelhas estão salientes e incomodam você ou seu filho, a cirurgia plástica pode melhorar a forma, a posição ou suas proporções em relação ao rosto. Ter uma boa simetria facial é fundamental para a aparência de uma pessoa e é decisivo na definição do seu bem estar.

As orelhas são importantíssimas para uma bela harmonia da face e suas alterações são muito destacadas. Podemos observar sua importância quando vemos alguém que apresenta algum distúrbio auricular, principalmente quando está ausente uma das orelhas. Estas alterações provocam muito desconforto nos pacientes e podem acometer aspectos psicológicos também.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Orelhas

As doenças da orelha externa são de ordem genética, traumática ou neoplásica. A cirurgia para correção de suas deformidades é chamada de otoplastia. O objetivo da cirurgia é minimizar deformidades e dar a forma mais natural e equilibrada possível entre as orelhas e a face e, consequentemente, beneficiar a aparência e a autoestima.

As(os) pacientes procuram o consultório de cirurgias plásticas pelas seguintes deformidades mais comuns:

Orelha em Abano (genético): Presente desde o nascimento caracteriza-se pela orelha que se projeta lateralmente, dando a impressão de abano. Normalmente, esta projeção é maior que 90º (ângulo entre a cabeça e a região mais profunda da orelha, chamada de concha auricular). Além disso, há uma falha na formação de sua dobra interna (antihélice) e um aumento de tamanho da concha.

Lóbulo Bífido ou Rasgado (traumático): Esse é um problema muito comum entre as mulheres, principalmente quando seus brincos engancham na roupa ou quando eles são exageradamente pesados. Esta deformidade, além de não permitir o uso do brinco, incomoda por chamar muito a atenção.

Indicação

Esta cirurgia pode ser realizada a partir dos 7 anos porque, nessa idade, a orelha já está completamente formada e a criança já tem a percepção de que há algo fora do normal em seu corpo.

  As orelhas são importantíssimas para uma boa harmonia da face; uma face em equilíbrio proporciona bem-estar, autoconfiança e um belo sorriso no rosto!  

Pré-Operatório

São realizados exames laboratoriais, cardiológicos, radiografias e fotografias.

Deve-se comunicar qualquer anormalidade que, eventualmente, ocorra em relação ao seu estado de saúde como: resfriados, ardência para urinar, dores abdominais, etc.

Não devem ser utilizados certos medicamentos como: AAS, chá de alho, Gingko Biloba e Ginseng, que devem ser interrompidos antes da cirurgia por alterarem a coagulação sanguínea.

Iniciar jejum a partir das 23h00 do dia anterior.

Não se maquiar no dia.

Não vir com unhas pintadas e acessórios como brincos, anéis e colares.

Não molhar o cabelo.

Trazer blusa aberta na frente, com botão ou zíper, pois não poderá passar nenhuma veste pelo rosto.

Deve-se ir para o hospital com acompanhante e levar todos os exames realizados.

Orientações sobre utensílios como escova de dente, toalhas, etc., serão dadas pela equipe do hospital.

Serão feitas marcações com caneta própria na região atrás das orelhas, onde as incisões serão realizadas.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Orelhas

Anestesia

Anestesia local ou local com sedação. Raramente é realizada anestesia geral em crianças com idade entre 7 e 12 anos.

Técnica cirúrgica

A otoplastia é a cirurgia que objetiva corrigir as alterações da orelha em abano, diminuir a distância entre a borda lateral da orelha e moldar as estruturas apagadas da antihélice. Com isso, a orelha passa a ter um formato mais natural.

Para isso, realizamos uma incisão que fica localizada na sua região posterior (sulco auricular posterior), assim podemos ocultar a cicatriz resultante sem dificuldades. Por esta via, descolamos a pele da cartilagem auricular e moldamos as estruturas utilizando fios cirúrgicos de alta qualidade para que os nós não se desfaçam. Após isso, posicionamos as orelhas de modo bem natural e adequado para cada caso. O fechamento da incisão é realizado com fios de nylon.

Tempo de cirurgia

A duração média da cirurgia é de 90 minutos.

Tempo de internação

Por ser uma cirurgia de pequeno porte, o paciente pode receber alta no mesmo dia (Dayhospital).

Pós-operatório

Alguns cuidados são fundamentais, como não praticar atividades que possam traumatizar a orelha e evitar dobrá-la durante o sono por 3 semanas. Para isso, é necessário utilizar uma bandagem elástica que protege e mantém a orelha imobilizada junto à cabeça. Nos primeiros 7 dias, o uso é contínuo, só retirando para tomar banho.

É habitual ocorrer dor leve nos primeiros dias após a cirurgia, no entanto esta dor é controlada com analgésicos comuns.

Inchaço também é esperado, principalmente durante o 1º mês. Entretanto, no 2º mês de cirurgia praticamente 80% deste inchaço já está absorvido. Os pontos são retirados com 2 semanas.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Orelhas

Resultados

Logo após a otoplastia, a orelha já se encontra em sua forma definitiva com a antihélice formada e com sua borda lateral próxima ao couro cabeludo. Porém, há inchaço e rouxidão que regridem em até 21 dias. Além disso, a cicatriz leva cerca de 6 meses para amadurecer.

Dúvidas?

Se quiser tirar suas dúvidas conosco sobre essa cirurgia plástica, teremos o maior prazer em responder através do Formulário de Contato.

Clique aqui e saiba mais sobre esse assunto no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

News Letters & Comunicados

Se deseja receber as últimas novidades dos nossos vídeos e posts sobre Cirurgia Plástica diretamente no seu e-mail, por gentileza preencha todos os campos abaixo.





PERGUNTAS E RESPOSTAS

A otoplastia deixa cicatrizes muito aparentes?

Esta cirurgia praticamente não deixa cicatrizes visíveis, uma vez que a incisão é feita no sulco atrás da orelha. Além disso, é uma região com pele muito fina e baixa tensão promovendo uma cicatrização muito boa.

Qual é a idade mínima para a realização desta cirurgia?

A partir dos sete anos é possível fazer a otoplastia, porque o crescimento da orelha já está concluído nesta idade.

O cabelo atrapalha a ação do cirurgião? Precisarei cortá-lo?

Muito pelo contrário, além de não atrapalhar, o cabelo longo ajuda a disfarçar o inchaço e a cicatriz.

O resultado da otoplastia é imediato?

Os detalhes da orelha já podem ser vistos imediatamente após a cirurgia. Porém, nos primeiros 21 dias há um leve inchaço e rouxidão que diminuem gradativamente com o passar das semanas. Além disso, pode ocorrer latejamento em dias quentes, mas essa sensação também tende a diminuir com o tempo.

Eu vou sentir dor após a cirurgia?

O limiar de dor é muito pessoal. De um modo geral, os dias que seguem à otoplastia são praticamente indolores. Mas, se a paciente sentir desconforto, analgésicos simples são suficientes para seu controle.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Orelhas

Qual é a posição correta para dormir?

Mantenha o rosto preferencialmente virado para cima, porém dormir de lado é permitido. Mas, o uso de uma faixa elástica por 21 dias é obrigatório, independente de qualquer coisa. Este cuidado é para evitar que as orelhas se dobrem durante o sono.

É preciso utilizar curativos?

Sim. Durante as primeiras 24 horas, utilizam-se gazes cirúrgicas para proteção e absorção de secreções. Durante os 7 dias subsequentes, recomendamos faixa elástica durante todo o tempo. Após este período, é permitido o uso somente à noite.

Quando preciso retornar ao consultório para retirar os pontos?

Na primeira semana é realizada uma consulta de revisão e após uma semana, os pontos são retirados.

A sensibilidade da orelha fica prejudicada?

O edema residual pós-operatório provoca uma perda de sensibilidade transitória que retorna ao longo das semanas.

Há risco das orelhas voltarem a se afastar e o problema do “abano” voltar?

Não. Desde que a(o) paciente siga as instruções corretamente e não haja complicações durante a cirurgia.

Corro risco de desenvolver quelóide na cicatriz?

A chance de surgir quelóide é determinada geneticamente. Desta forma, o cirurgião plástico faz um questionário sobre os antecedentes da paciente antes de decidir sobre a viabilidade da cirurgia. Através deste procedimento de segurança é possível prever se há risco aumentado de desenvolver uma cicatrização anormal.

CRONOGRAMA PARA RETOMADA DA ATIVIDADE FÍSICA (EM DIAS)

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Atividade Física

1º ao 7º

Não praticar atividades físicas.

8º ao 15º

Reiniciar com caminhadas leves com duração de 30 minutos.

16º ao 30º

Alongamentos, bicicleta ergométrica e atividades sem contato físico, como musculação, estão liberadas.

A partir do 31º

Atividades mais pesadas podem ser praticadas, mas evite esportes de contato por mais 30 dias.

EM RESUMO

Nome técnico: Otoplastia.

Parte do corpo: Orelhas.

Idade recomendada: Após os 7 anos.

Pré-operatório: Exames de laboratório. Fotografias.

Anestesia: Na maioria dos casos, local com sedação.

Duração da cirurgia: Em média 1 hora e meia.

Permanência no hospital: Curta, cerca de 12 horas.

Cicatriz: Pequenas, imperceptíveis no sulco auricular posterior (atrás das orelhas).

Pós-operatório: Curativo com faixa elástica contínua durante 7 dias, permanecendo por mais 2 semanas somente para dormir. Pontos retirados com 2 semanas.

Tempo de recuperação: Retorno às atividades sem esforço físico após 3 dias.

Dr Frederico Fernandes | Cirurgias Plásticas Estéticas | Orelhas

Seu Corpo em Perfeita Harmonia

Rua Duodécimo Rosado, 322    Nova Betânia    CEP 59603-020    Mossoró/RN    e +55 (84) 9-8126-0770    +55 (84) 3321-4918